terça-feira, 23 de dezembro de 2008

FELIZ NATAL A TODOS !!!!




UM FELIZ NATAL A TODOS !!!!!!!!!!

O BLOG GALO PARA SEMPRE ESTARÁ EM FOLGA, SÓ POSTAREI INFORMAÇÕES SOBRE CONTRATAÇÕES OU OUTRAS NOTÍCIAS URGENTES.....

EU ESTAREI DE VOLTA NORMALMENTE A PARTIR DO DIA 12 DE JANEIRO....

ENTÃO ATÉ LÁ......

BOAS FESTAS!!!!!!

GALO PARA SEMPRE

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Jadílson a caminho do Galo?

Washington Alves/Light Press

O lateral-esquedo Jadílson que defendeu o nosso maior rival nessa temporada, pode vim para o Galo. O Cruzeirinho não quis continuar com o jogador, já que Adílson Batista disse que o seu lateral é o Sorín. O São Paulo, com quem Jadílson tem contrato até 2009, também não tem interesse em usar o jogador na próxima temporada e pode cedê-lo ao Galo. De acordo com informações, o técnico Emerson Leão teria ligado para o lateral.


Em entrevista a rádio Itatiaia, Jadílson confirmou que recebeu ligação de Leão e disse que seria uma honra defender o Galo. "O Leão me ligou falando que gostaria de contar comigo. Falei para ele que seria uma honra trabalhar com ele, que é um dos melhores técnicos do Brasil, e também defender a camisa do Atlético. Mas cabe a diretoria entrar em contrato com o meu procurador e tentar definir a melhor situação" disse o jogador.



O lateral disse ainda que gosta muito de Belo Horizonte e que gostaria de voltar a cidade. "Gostei muito dessa cidade e já estou com saudade", afirmou.



Fonte Globo Esporte



Na minha opinião seria um grande reforço já que precisamos urgente de um lateral esquerdo. Se vier que seja bem vindo e finalmente o Jadílson jogará no maior time de Minas, que sempre foi o seu desejo....



Três jogadores deixam o Galo

O Lateral César Prates rescindiu contrato com o Galo, a recisão foi amigável. Outro que deixa o Galo é o meia sérvio Petkovic, ele não está nos planos de Leão. Além deles, o meia Gedeon acertou com o Paraná e defenderá o clube ano que vem.



Mais informações a qualquer momento em nossa programação



Galo para sempre

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Émerson Leão é o técnico do Galo

Arquivo/EM/D.A Press - Super Esportes

Como diz o ditado " o bom filho sempre retorna ao lar", e esse é o caso do Leão. O técnico chega com a missão de conquistar títulos importantes que são cobrados pela torcida. A apresentação do treinador foi adiada para amanhã, devido a forte chuva que impossibilitou o vôo de Leão. O aeroporto de congonhas teve problemas e o vôo foi cancelado. Para evitar novos problemas, Émerson Leão virá a Belo Horizonte de carro. Ele se apresentará ás 15h na sede de Lourdes. Quem quiser assistir ao vivo a entrevista coletiva de Leão amanhã é só acessar o portal uai. O uai transmitirá ao vivo a entrevista direto da sede.

Mais informações sobre os planos de Leão no Galo e reforços amanhã depois da entrevista coletiva ou a qualquer momento em nossa programação

Galo para sempre

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Notícia Urgente - Marcelo Oliveira não é mais técnico do Galo




Fim de reunião entre Alexandre Kalil e Marcelo Oliveira, e uma notícia ruim pelo menos para mim e grande parte dos atleticanos. O treinador foi comunicado pelo presidente Alexandre kalil que não é mais o técnico do Galo. A reunião foi realizada na sede do clube, de Lourdes , na tarde desta terça-feira.

Marcelo está no clube há 8 anos , ele não permanecerá mais no clube, já que quer seguir a carreira de treinador. Porém, ainda não teve propostas de nenhum clube. Não gostei dessa decisão, não há nenhum técnico que presta disponível no mercado, e o Marcelo estava fazendo um bom trabalho. Começamos mal o ano, espero que o Marcelo tenha uma grande carreira como técnico.
Agora é esperar o anúncio do novo técnico. O nome mais forte é o de Émerson Leão
Voltamos a qualquer momento com mais informações
Galo para sempre

Fim de ano e preparação para 2009


Antes de mais nada quero dizer que estava sumido aqui do blog devido a falta de tempo, estava cheio de trabalhos e provas finais para entregar, um atrás do outro, além de estar apertado no estágio, com três matérias para fazer em uma semana. Mas, enfim, estou voltando aqui no blog. Ainda to meio apertado, mas aos poucos vai desapertando.


Vamos ao que interessa, o fim de ano chegou, acabou a temporada, hora de pensar em 2009. No último jogo do ano, contra o Grêmio, o Galo perdeu por 2x0. Foi um jogo equilibrado, principalmente no primeiro tempo, quando o Galo marcou dois gols, que foram anulados pelo juiz que marcou impedimento. Um deles estava impedido, mas o outro não, foi gol legal, mas uma vez fomos prejudicados.


Para piorar a situação, o juiz péssimo dos péssimos, marcava qualquer coisa pro Grêmio, não podia encostar nos jogadores gaúchos que ele marcava falta. Além disso, faltou critério na hora de mostrar cartão, toda hora um jogador atleticano era amarelado, enquanto os gremistas batiam e não levavam cartão.


Mas, terminou mesmo 2x0 pros gaúchos. Agora, é esquecer o péssimo ano que passou e pensar em 2009, várias especulações já começaram.


Especulações
Vários boatos rolam no mundo do futebol, no Galo não é diferente. O primeiro deles seria a chegada do ex presidente do Botafogo Bebeto de Freitas no Atlético. Outra seria a contratação do meia Lúcio Flávio pelo Galo. Tenho minhas dúvidas, quando passou por aqui não fez nada. Além disso, há boatos sobre o técnico em 2009.



Neste momento, o presidente Alexandre Kalil está reunido com Marcelo Olivera para decidir o futuro do treinador, após a reunião Kalil concederá uma entrevista coletiva. Daqui a pouco mais notícias sobre esta reunião.....


Sobre possível saídas, as mais fortes seriam a respeito do zagueiro Leandro Almeida e o meia Renan Oliveira. Mas, por enquanto, são só boatos.

Daqui a pouco mais notícias sobre a reunião de Kalil e o técnico Marcelo Oliveira ou a qualquer momento em nossa programação.....

Galo para sempre

terça-feira, 18 de novembro de 2008

20 MIL VISITAS - OBRIGADO A TODOS


Em fevereiro deste ano foi criado e inaugurado o blog Galo para sempre, dedicado logicamente ao Clube Atlético Mineiro. Resolvi criar esse blog porque percebi que haviam poucos sobre o Galo. Comecei com textos pequenos, talvez mals escritos, mas aos poucos os post foram evoluindo e o texto melhorando.


Hoje, o Blog completou 20 mil visitas, e isso graças a todos amigos blogueiros que visitam o meu blog Galo para sempre, não só atleticanos e mineiros, mas também vascaínos, botafoguenses, flamenguistas, são paulinos, entre outros.


Eu agradeço a todos pela visita e espero continuar aqui por muito tempo e quem sabe chegar em 50 mil visitas, minha próxima meta.


E a vida continua....


Valeu........


GALO PARA SEMPRE

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Últimas Informações - Clube Atlético Mineiro

Juarez Rodrigues/EM/D.A Press / Divulgação Super Esportes
Serginho: seis a oito meses afastado

Segundo informações do site oficial do Clube Atlético Mineiro, a cirurgia realizada pelo meia Serginho, para reconstrução do ligamento cruzado anterior do joelho direito, foi um sucesso. A cirurgia foi realizada na manhã desta segunda-feira em Belo Horizonte.

De acordo com o médico do Galo, Rodrigo Lasmar, a cirurgia durou uma hora e meia e Serginho passa bem. A previsão é que o volante receba alta nesta terça-feira. O jogador deverá ficar parado entre seis e oito meses.

Diretoria mantém promoção de ingressos

O Atléticou anunciou ontem que manterá a promoção no preço dos ingressos para o jogo contra o Santos, o último jogo do Galo em casa. O jogo é válido pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro e será realizado no dia 3o, domingo. As cadeiras superiores central e lateral continuam saindo a R$ 5, 00 inteira e R$ 2,50 meia. Já a cadeira especial, R$ 30,00 inteira e R$ 15,00 meia.
A venda antecipada já começou hoje. E um detalhe, nesta semana não haverá venda de ingressos no Mineirão. Os postos de venda são : a Sede de Loudes e a Loja do Galo Betim, das 9 h as 17h, e nas lojas Class Club Buritis e Sion, das 9h as 16h.

Resultados Importantes

Os resultados que fecharam no fim de semana a 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, foram cons para o Galo. Primeiro a goleada do Náutico por 5 a 2 sobre o nosso rival, o Cruzeiro, que ficou mais longe do título. Outro time mineiro nos ajudou, o Ipatinga venceu o Sport por 3 a 0, bom para o Galo, já que estamos disputando vaga na Sul-Americana com o time de Recife e teremos um jogo direto com eles na próxima rodada. A vitória do Atlético PR sobre o Vitória foi outro belo resultado, já que é outro time que briga com o galo pela vaga. Além disso, destaca-se a vitória do Grêmio sobre o Coritiba, já que estamos três pontos atrás do Coxa. A derrota do Botafogo para o Goiás, assim ficamos há dois pontos do Fogão, para finalizar o Inter perdeu e estamos há quatro pontos dele.

Próximos Jogos


O Galo tem pela frente um jogo direto pela vaga na Sul-Americana, e o adversário é o Sport, jogo na Ilha do Retiro, no próximo domingo as 19h10. Depois teremos o nosso último jogo em casa, com certeza Mineirão lotado, contra o Santos, no domingo dia 30, as 16h. E para fechar o brasileirão enfrentaremos o Grêmio, que briga pelo título, no estádio Olimpico, domingo 07/12 ás 16h. Nas duas últimas rodadas todos os jogos serão as 16 h.

Ainda não há informações sobre o resultado dos exames do Goleiro Juninho, voltamos a qualquer momento com mais informações......

Galo para sempre

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Édson - Vocês vão ter que me engolir !!!

Divulgação Globo.com Jorge Gontijo/EM/D.A Press - Divulgação Super Esportes

Uma noticia triste para a torcida atleticana, o goleiro Juninho só volta a jogar em 2009. Juninho sofreu uma lesão na coluna no jogo contra o Vasco. De acordo com o médico Otaviano Oliveira, o goleiro teve uma lombalgia intensa, uma dor na região da coluna. Ele foi submetido a uma radiografia e uma ressonância magnética. O laudo só deve sair na próxima segunda-feira. Mesmo sem os resultados do exames, o médico Otaviano não acredita que Juninho se recupere a tempo de defender o Galo no Campeonato Brasileiro. A previsão é de quatro jogos sem jogar, e só faltam três jogos para o Atlético. O Galo enfrentará o Sport em Recife, o Santos em BH e o Grêmio em Porto Alegre. O pior de tudo é ter que aguentar o goleiro Édson no gol. Ele não traz muita segurança e falha muito. A preocupação é grande por parte dos atleticanos. Outra opção para o gol atleticano seria o terceiro goleiro Bruno, jogador da equipe de juniores do Galo.


Outras informações sobre a contusão do goleiro Juninho e o resultado dos exames, na próxima Segunda-feira ou a qualquer momento na nossa programação.....


Galo para sempre

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Show na arquibancada e show no gramado - Galo goleia o Vasco e dá o troco do primeiro turno



Alegria, arrepio, emoção, além da empolgação, é alguns dos sentimentos que todo atleticano sentiu ontem no Mineirão. A torcida atleticana deu um verdadeiro show, mais de 42 mil pagantes foram assistir a Atlético e Vasco, jogo válido pela 35ª rodada do Brasileiro, nesta quarta-feira. A massa fez do Mineirão um verdadeiro inferno para os vascaínos. Show nas arquibancadas, show também do Galo no gramado. E um detalhe, parabéns a torcida do Vasco que também compareceu ao Mineirão e também deu um belo espetáculo.

O Jogo

O Galo começou no embalo da torcida, indo pra cima, tocando bem a bola e criando boas oportunidades. Com toques rápidos o Atlético infernizava a defesa vascaína. E aos dez minutos, depois de uma bela troca de passes, Marques lançou para Renan Oliveira na área, ele cruzou para Castillo só completar, 1x0 Galo. O Vasco não conseguia achar espaços na defesa atleticana, uma das poucas chances foi em chute de Madson da entrada da área para fora. No lance o goleiro Juninho se machucou, ele queixou de fortes dores na coluna lombar e teve que sair do jogo. Édson entrou no seu lugar. Nesse momento fiquei preocupado, o Édson falha muito e só estava 1x0 Galo. Em outra boa tabela, dessa vez entre Renan Oliveira e Élton, o craque do jogo Renan só tocou na saída de Rafael. Galo 2x0.

No segundo tempo, as duas equipes voltaram com alterações. No Galo, Marques deu lugar a Pedro Paulo, enquanto no Vasco, Eduardo Luiz saiu para a entrada de Leandro Bonfim. O Vasco começou pressionando, porém, a situação se complicou aos 12 minutos, quando Pedro Paulo cruzou na área para Castillo. O boliviano ganhou do goleiro Rafael e foi derrubado, pênalti claro. O nosso zagueiro artilheiro Leandro Almeida cobrou no canto direito de Rafael e ampliou o placar, 3x0 Galo. Não demorou muito para sair o quarto gol, dois minutos depois, Pedro Paulo recebeu lançamento na área e tentou o drible no volante Jonílson que o empurrou. Mais um pênalti claro. De novo Leandro Almeida cobrou e mais uma vez converteu. 4x0 Galo.


Aos 24 minutos, o Vasco conseguiu o seu golzinho, Madson cobrou falta, ele tentou cruzar, o goleiro Édson saiu mal e a bola foi direta para as redes. 4x1. O Vasco tentava pressionar, enquanto o Galo jogava nos contra-ataques. O Cruz maltino quase fez o segundo, aos 45 minutos, César Prates fez pênalti infantil em Wagner Diniz. Leandro Amaral cobrou com a tradicional paradinha e isolou a bola por cima. Fim de jogo, Galo 4x1. Eu não gosto dessas paradinhas em cobranças de pênaltis, muitos jogadores perdem pênalti fazendo ela. O melhor jeito de cobrar penalidade é bater forte no canto.


O Galo mereceu a vitória, foi melhor e aproveitou as oportunidades que teve. Além disso, a marcação foi boa no primeiro tempo, já no segundo caiu muito e o Vasco teve muito espaços. Mas, no final os contra-ataques definiram a partida. O árbitro Leandro Vuaden ( RS) teve uma atuação de regular a ruim na minha opinião. Apesar de ter marcado dois pênaltis para o Galo, deu muitas faltinhas bobas na entrada da área atleticana a favor do Vasco. Já para o Galo na entrada da área vascaína, só se fosse mais dura.

Destaques do Galo
Eu falo e repito tem três jogadores no Galo que serão craques no futuro, e não vai demorar. São eles o garoto Pedro Paulo, o Zagueiro artilheiro Leandro Almeida e o nosso camisa 10 Renan Oliveira. O Pedro Paulo é um jogador veloz e que inferniza a defesa adversária, ontem ele sofreu o pênalti que gerou o segundo gol. O Leandro Almeida é um bom zagueiro e tem muita raça, além de ser oportunista. Ele aparece bem na área em jogadas aéreas e agora é o nosso cobrador de penalidades. E por fim Renan Oliveira. Escutem o que eu estou falando, esse menino será o craque no futuro, a seleção brasileira o espera. Ele é o nosso camisa 10 e joga muito. Ontem ele participou dos dois primeiros gols. No primeiro trocou passes com marques e cruzou com perfeição para Castillo. No segundo tabelou com Elton, entrou na área e deu um toquinho na saída de Rafael. Esse menino foi o craque do jogo de ontem.

Diretoria do Galo solicita volta das bandeiras aos estádios
Foi divulgada no site oficial do clube uma nota da diretoria, onde ela informa que solicitou, nesta quinta-feira, a volta das bandeiras aos estádios. O pedido foi feito ao comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Hélio Santos Júnior, e ao Secretário de Estado da Defesa Social, Dr Maurício de Oliveira Campos Júnior. “As autoridades tiveram boa receptividade com relação ao pedido. Por medida de precaução, o Ministério Público de Minas Gerais foi chamado para reunião a ser realizada na próxima quarta-feira (19), às 10h, na Secretaria de Defesa Social, com representantes dos três clubes de Belo Horizonte, para discussão do assunto”, diz a nota.
A espera é que com a autorização das autoridades, a torcida do Galo já possa levar bandeiras e fazer uma festa completa, no jogo contra o Santos no Mineirão.

Fonte: Site Oficial Clube Atlético Mineiro

Próximo jogo
O próximo jogo do Galo será apenas no dia 23/12, domingo, ás 19h10. Para este jogo o Galo permanece sem o volante Serginho, ele será operado segunda-feira e ficará parado cerca de 8 meses. Além disso, o volante Rafael Miranda e o zagueiro Vinícius continuam em tratamento. O Goleiro Juninho passará por exames vai saber a extensão da sua contusão

Boatos nos bastidores

Dois boatos rolam soltos nos bastidores do Galo. O primeiro seria a vinda do presidente do Botafogo, Bebeto de Freitas, para o Atlético. Ele assumiria a função de diretor financeiro. O outro boato seria que o Galo estaria negociando com o jogador Madson do Vasco. A vinda do Madson até seria uma boa. Acho ele um bom jogador e seria um bom reforço. Já o Bebeto de Freitas não sei se seria uma boa não.

Galo para sempre

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Últimas do Clube Atlético Mineiro


EDUARDO MARTINS/AGÊNCIA A TARDE/AE

O Atlético conquistou uma importante vitória na Bahia, no estádio Barradão, e praticamente deu adeus ao rebaixamento, além de ficar perto de uma vaga na Sul-Americana. O Galo começou o jogo indo pra cima dos baianos, e em menos de três minutos teve duas boas chances. Porém, isso durou até a metade do primeiro tempo, quando o Atlético caiu de produção. O time baiano tinha dificuldades em chegar ao ataque, enquanto o Galo não conseguia aproveitar os contra ataques. Começou uma seção de erros de passes, de ambos os lados. O Vitória não conseguia penetrar na defesa alvinegra e tinha nos chutes de longa distância as únicas chances, mas sem nenhum perigo. A primeira etapa terminou empata em zero a zero.

O segundo tempo começou com o Vitória com mais posse de bola, porém ainda com dificuldades em chegar ao gol atleticano. Já o Galo voltou jogando mais no contra-ataque, porém não acertava o último passe. Até que aos 12 minutos, Marques deu um belo lançamento para o boliviano Castillo, que de primeira colocou no fundo das redes do goleiro Viáfara. Porém, o sempre caseiro e péssimo Wagner Tardelli, e seus auxiliares, marcaram impedimento inexistente. Um detalhe, o atacante atleticano estava uns quatro metros atrás do zagueiro baiano. Para tentar colocar velocidade e experiência no time, o técnico Marcelo Oliveira fez duas substituições, ele colocou o garoto Pedro Paulo (joga muito) no lugar de Marques; além de tirar o boliviano Castillo e colocar o sérvio Petkovic. E as mudanças deram certo. Aos 32 minutos, o sérvio Petkovic fez grande jogada, ele deu um passe estilo Ronaldinho Gaúcho, olhou pra um lado e tocou pro outro, deixando Renan Oliveira na cara do gol e ele sem ser fominha tocou para o lado para Pedro Paulo marcar. Galo 2x0.

No finalzinho do jogo, o técnico Marcelo Oliveira ainda tirou Renan Oliveira cansado e colocou Chô. E podíamos ter feito o segundo, o garoto Pedro Paulo foi empurrado na área, mas Wagner Tardelli não marcou. Placar Final Galo 1x0. Uma vitória importante que animou os jogadores e a torcida para o jogo contra o Vasco.

Dois jogadores convocados para a seleção sub-16
O zagueiro Sidimar e o atacante João Pedro foram convocados para defender a Seleção Brasileira Sub-16 no Torneio Internacional Nike Friendlies, em Los Angeles, na Califórnia, Estados Unidos.

Galo defende tabu diante do Vasco
Hoje tem jogo, e nada melhor do que ir ao Mineirão ver um jogo do Galo. E o adversário é o Vasco. O Atlético defende um tabu, são 13 anos sem perder pro Vasco no Mineirão. O time ainda entra motivado já que está mais longe do rebaixamento e mais perto da Sul-Americana. Além disso, a derrota do primeiro turno de 6 a 1 ainda está engasgado na torcida e nos jogadores. Sem falar que o jogo que culminou o rebaixamento do Galo para a série B em 2005 foi justamente contra o Vasco, um empate em zero a zero. Por isso, a motivação para vencer hoje é total e se depender da torcida isso vai acontecer. A procura por ingresso é tão grande, que a diretoria resolveu abrir a cadeira inferior central (portão 8). Até ontem haviam sido vendidos 17.523 ingressos. Quase esqueci de dizer, que antes do jogo haverá uma homenagem a um ex jogador do Galo e também do Vasco. Ele foi revelado pelo América MG, mas apareceu no Galo. No Vasco, ele se destacou no ano 2000, quando fez uma grande dupla com o Romário. Vocês já sabem de quem eu estou falando, do filho do vento, Euller. Ele entrará para a calçada da fama do Mineirão, que já conta com jogadores como Pelé, Evaldo, Jair Bala, entre outros. Vale a pena chegar mais cedo para ver a homenagem, afinal, ele traz boas lembranças para os atleticanos e também para os vascaínos.

Musa do Atlético é eliminada do concurso Musa do Brasileirão
Infelizmente, a musa do Galo no concurso do programa Caldeirão do Huck, foi eliminada. Danielle Rocha é filha de caminhoneiro e concorreu com as musas do Goiás, Flamengo e Portuguesa. No primeiro quesito, beleza, ficou em 3º lugar. Já no segundo quesito, tradição, foi eliminada. Não concordei com o resultado, não porque sou atleticano, mas acho que ela é mais bonita que as outras três. Principalmente, acho que dá de dez na musa do Flamengo. A vencedora da etapa foi a musa do Goiás.

Resposta aos comentários do post anterior
Diego Louzada: Com certeza pagar salários é bom, o Botafogo ta sentindo na pele o atraso de salários, Carlos Alberto já foi e o Lúcio Flávio é o próximo. E o Galo vai sim terminar bem o ano do centenário, e vai começar hoje diante do Vasco. Abraço
Almirante: No jogo entre Vasco e Galo, tem que dar é Galo. Vocês não foram irmãos quando deram de 6x1 na gente no primeiro turno. Abraço
Saulo: Pois é, no Botafogo a coisa ta feia. O Carlo Alberto já foi e o Lúcio Flávio disse que é difícil a sua permanência.
Rui Moura: As meninas tão mostrando como se joga para os homens, pena que o futebol feminino ainda não tem muito apoio no Brasil. Abraço
Filipe Araújo: Eu também espero que continuem colocando a casa em ordem, com salários em dia. Afinal para montar um bom clube, tudo começa por ai. Abraço
Rodrigo Estevam: Essa situação de salários atrasados acontece nos melhores clubes. Abraço
Leandro ( Maldita Futebol Clube): Que história é essa de que o Galo não quer mais nada no campeonato? Queremos a vaga na Sul-Americana, além de vingar a derrota do primeiro turno. Abraço
Daniel Reiner: É infelizmente a única coisa que o Galo conquistou esse ano, pelo menos por enquanto, foi escapar do rebaixamento. No atual momento, o Botafogo está mais para foguinho mesmo. Abraço
Aldevan Junior: Seria uma catástrofe se o Galo, no ano do centenário, caísse para a Série B. Mas isso não vai mais acontecer. AbraçoPâm: oi sumida, ta tudo bem aqui sim. Graças a deus estamos foram de perigo, agora é a Sul-Americana. Estou sumido mesmo, final de ano é complicado, to apertado no estágio e na faculdade. Saudades também...Bjos

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Plantão Clube Atlético Mineiro


Clube acerta pagamentos atrasados

Os jogadores e os demais funcionários do Atlético,receberam nesta quinta o pagamento referente aos meses de Agosto e Setembro. Já o mês de Outubro só vence no dia 20, segundo acordo firmado anteriormente.

Na semana passada haviam sido efetuados os pagamentos de Agosto à maioria dos jogadores, porém quatro jogadores não tinham recebido: Marques, Marcos, Petkovic e Vinícius. Os funcionários também não haviam recebidos.

A assessoria do Galo não informou a origem do dinheiro. O presidente recém eleito, Alexandre Kalil, disse na semana passada que iria recorrer ao clube dos 13 para pagar os salários.
Fonte Super Esportes

Atlético x Vasco – Promoção na venda de ingressos

Começou nesta quinta-feira, 06/10, a venda antecipada de ingressos para o jogo da próxima quarta-feira, 12/11, entre Atlético x Vasco. Os locais de venda são: Sede do Atlético, em Lourdes, Lojas Class Club Buritis e Sion e Loja do Galo Betim. A venda acontecerá todos os dias, menos no Domingo. A venda será das 9h ás 17 h. No sábado, 08/11, e no dia do jogo, a venda na Loja do Galo Betim será de 9h ás 17h. No Mineirão, os ingressos serão vendidos apenas no dia do jogo, das 9h até o intervalo da partida. Como prometido pelo Kalil, haverá promoção nos preços dos ingressos. Os preços dos ingressos serão: Cadeira Superior Central (Portão 7A) e Cadeira Superior Lateral ( Portões 9 e 12) – R$ 5,00 inteira e R$ 2,50 meia. Cadeira Especial ( Portões 1 e 14) – R$ 30,00 e R$ 15,00 meia. A Torcida do Vasco ficará na Cadeira de Setor ( Portão 2) – R$ 10,00 inteira e R$ 5,00 meia.

Fonte Clube Atlético Mineiro

Últimas notícias do treino de hoje

No treinamento realizado hoje na Cidade do Galo, o zagueiro Welton Felipe permaneceu como titular, indicando que pode começar jogando domingo. Já no gol, mesmo com a boa exibição diante do Botafogo, o goleiro Édson voltou para a reserva, e pelo menos no treino o goleiro Juninho ganhou a titularidade.
Fonte Clube Atlético Mineiro


Recordar é Viver


Voltemos ao passado, mais precisamente ao ano de 1999. Semifinal do Campeonato Brasileiro, Atlético e Vitória se enfrentam em jogos de ida e volta. O Galo venceu o primeiro jogo por 3x0. Já em Salvador, o time baiano venceu por 2x1 e forçou outra partida. Na terceira partida, 3x0 Atlético, gols de Marques e Guilherme. Com certeza, 1999, foi um ano inesquecível para todos atleticanos. Agora, Atlético e Vitória voltam a se enfrentar no Barradão. Aliás, daquele time vice-campeão brasileiro em 99 ( fomos roubados na final contra o Corinthians) , o Marques é o único que está atualmente no Galo. Direto do túnel do tempo com o blog Galo para sempre. Porque, como muitos dizem: recordar é viver.

Fonte Clube Atlético Mineiro

Garotas do Galo goleiam e avança na Copa do Brasil

A equipe feminina do Atlético se classificou para as oitavas- de- final da Copa do Brasil. Na tarde de ontem (quarta-feira), 05/11, a equipe atleticana goleou o Campo Grande RJ por 4x0, jogo realizado no Estádio Milécimo da Silva, em Campo Grande, no Rio de Janeiro.Os gols foram marcados por Ludmila, Amanda e Érika. Na partida de ida no Mineirão, houve empate por 2x2. Na próxima fase, o Atlético enfrenta o Santos, que eliminou o Desportiva ES. O primeiro jogo está marcado para o dia 11 de Novembro (terça-feira) e a partida de volta está prevista pra o dia 15 de novembro (sábado). Os locais e horários ainda não foram definidos. Nessa última partida o Galo entrou em campo com: Rosimeire; Brenda, Fernanda, Chicó e Kamila; Loreto, Natália, Erika e Ludmila; Amanda e Mariana. O técnico alvinegro é Wellisson Bittencourt.

Fonte Clube Atlético Mineiro

Giro pelas categorias de base

A equipe júnior do Galo empatou ontem com o América, por 1 a 1, no Estádio Independência. O jogo foi válido pela primeira rodada do returno do hexagonal final do Campeonato Mineiro. O gol atleticano foi marcado por Kleber. O resultado colocou o Galo na quarta posição, com 7 pontos. Na próxima rodada, no sábado 08/11, o Atlético enfrentará o Funorte, ás 15h30, no Estádio Cassimiro de Abreu, em Montes Claros. Já o infantil também entrou em campo ontem, disputou o clássico contra o Cruzeiro. O Jogo válido pela última rodada do turno do hexagonal final do Campeonato Mineiro, realizado no estádio Independência, terminou empatado em 1x1. O gol atleticano foi marcado porJéferson. Com o resultado, a equipe atleticana permanece na quinta colocação desta fase final, com cinco pontos. O time infantil do Atlético volta a campo no próximo Sábado (08/11), e enfrentará novamente o Cruzeiro, às 9 h, na Toca Rosa da Raposa I, pela primeira rodada do returno do hexagonal final do Campeonato Mineiro.

Fonte Clube Atlético Mineiro

Respostas aos comentários do post anterior

Daniel Reiner: O Evandro Rogério Roman é sim o péssimo dos péssimos, realmente ele deu um pênalti inexistente para o Galo, porém deixou de marcar faltas e um pênalti claro no Marques no segundo tempo. Já a respeito do Kalil, acho que será sim um bom presidente. As saídas de Cicinho e Mancini do clube não foi culpa dele, na época o presidente era Nélio Brant, que inclusive teve a cara de pau de pintar o manto da santa da sede de preto. E o seu foguinho, como eu avisei, foi eliminado da Copa Sul-Americana. Abraço

Rodrigo Estevam: O seu blog também é nota dez. A vitória do Galo foi massa mesmo, já a derrota do Felipe Massa não teve nada de massa. rsrs. Abraço

Almirante: Já linkei o seu blog também. Pode contar com o nosso apoio no jogo aqui no Mineirão, mas já vou avisando vai dar Galo na cabeça. Abraço

Alexandre Filho: A vida de uma estagiário de jornalismo é corrida. Mas jornalismo é muito bom. Mas é um curso daqueles que a gente diz que é de paixão, afinal o salário é baixo. Vai em gente, você vai gostar do curso. Sobre o banner do meu blog, não fui eu que fiz, um amigo meu blogueiro, cruzeirense, Carlão Azul fez para mim. O melhor programa para fazer banner é o Adobe Fire Flash. Abraço.

Thainá Vivas: Obrigado, foi um prazer e voltarei sempre que tiver tempo sim. Bjo

Aldevan: Vocês botafoguenses choram muito e sempre são ajudados pela arbitragem. Mas o que importa é que o Galo venceu. Abraço

Sobre o Futebol Carioca: Grande vitória eu não sei se foi, mas importante com certeza.

Saulo: É como diz o ditado: antes tarde do que nunca. Abraço

Galo para sempre

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Depois de 7 anos, Galo derruba Botafogo e fumaça branca : já temos presidente

Paulo Filgueiras/EM/D.A Press / Super Esportes
Paulo Filgueiras/EM/D.A Press / Super Esportes


Jorge Gontijo/EM/D.A Press/ Super Esportes

Devido a falta de tempo, fiquei quase uma semana sem postar, to apertado na faculdade e no estágio, final de ano é foda. Além disso, uma gripe forte me pegou e estive mal alguns dias. mas, para alegria geral da nação, eu estou de volta firme e forte. Então vamos lá...



Atlético 2 x 1 Botafogo

Finalmente, depois de 7 anos, vencemos o Botafogo. Antes do jogo, a tensão tomou conta do Mineirão, uma mistura de angústia e ansiedade. O motivo? Felipe Massa estava em primeiro e Hamílton havia sido ultrapassado por Vettel. Parecia que o Massa ia ser campeão mundial e por 2 minutos, o Brasil parou, mas infelizmente o tal do Glock não conseguiu segurar o inglês.


Passado a frustação pela derrota na fórmula 1, então nos concentramos na partida. Paa começar com o pé direito, o Cruzeiro em menos de 15 minutos, tomou três gols e o domingo parecia que seria perfeito. Só faltava o Galo balançar as redes. O árbitro da partida foi Evandro Rogério Romman, péssimo dos péssimos, marcava falta que não existia, deixava de marca faltas claras, sem falar que não deixava o jogo correr.


No primeiro tempo, o Botafogo começou melhor, o Galo errava muitos passes e não conseguia chegar ao gol adversário. A melhor chance do alvinegro carioca foi aos 14 minutos, quando o meia Carlos Alberto bateu rasteiro e o goleiro Édson defendeu para escanteio. Na cobrança do corner, Wellington Paulista cabeceou no travessão.
Os atacantes atleticanos não conseguiam penetrar na defesa botafoguense, mas, os zagueiros deram conta do recado. Aos 18 minutos, o zagueiro Welton Felipe, deu bela arrancada, entrou na área e foi derrubado pelo goleiro botafoguense Renan. Pênalti marcado. O outro defensor Leandro Almeida cobrou bem e abriu o placar, Galo 1x0.


Depois do gol, o Galo melhorou na partida e a partir dos 30 minutos dominou o jogo e teve grandes chances de abrir o placar. Aos 33, Marques recebeu na área e bateu para a defesa do goleiro Renan. Aos 40, César Prates cobrou bem falta, mas a bola ficou na trave. A alegria do torcedor estava completa, o Galo ganhando e o seu rival perdendo.
O segundo tempo, começou equilibrado e com chances para os dois lados. Aos 7, contra-ataque atleticano, Renan Oliveira recebeu lançamento, entrou na área e bateu, o goleiro Renan defendeu. Já aos 12, foi a vez dos cariocas assustarem, Jorge Henrique bateu forte, mas Édson defendeu. Logo na saída de bola, Márcio Araújo partiu em velocidade e sofreu falta de Rodrigo Sá, cartão vermelho merecido pra ele.


Pois é, pensamos que com um jogador a mais tudo ficaria mais fácil, que nada. Com um jogador a menos, o Botafogo cresceu na partida e foi pra cima. E aos 17 minutos chegou ao empate, num vacilo da defesa atleticana. Carlos Alberto recebeu na área, ganhou do volante Élton e bateu forte. Tudo empatado, 1x1.
Neste momento, passou um filme na cabeça, será que mais uma vez vamos esbarrar no Fogão?
Querendo vencer a qualquer custo, o técnico Marcelo Oliveiro resolveu mudar. Ele tirou o zagueiro Nen, que estava improvisado de volante, e colocou o armador sérvio Petkovic ( que entrou muito bem no jogo). Além disso, ele tirou Marques e colocou o jovem Pedro Paulo, tirou o boliviano Castillo e colocou Beto.


Aos 31 minutos, Petkovic cobrou falta perfeita na área e o zagueiro Leandro Almeida completou de cabeça e fechou o placar. Galo 2x1. Para não perder o costume, o final do jogo foi angustiante para o torcedor atleticano. O Botafogo sufocou, chegou a ter até bola no travessão, mas o dia era mesmo nosso.


E não vem chorar dizendo que o árbitro robou, realmente acho que não houve pênalti no primeiro gol do Galo. Porém dois detalhes, primeiro houve pênalti claro em Marques no começo do segundo tempo e segundo fica valendo pelo erro do Simon ano passado na Copa do Brasil.


Próximo jogo


O Galo volta a entrar em campo no próximo domingo, na Bahia, contra o Vitória. O jogo será as 19h10. O zagueiro Marcos se recuperou de contusão e agora trabalha para recuperar condição física. Já o volante Serginho, que sofreu rupturas no ligamento cruzado anterior e nos ligamentos laterais do joelho direito na partida contra o Coritiba, passará por cirurgia e só volta a jogar entre seis e oito meses.


Fumaça branca - já temos presidente


Na última quinta-feira foi realizada a eleição para a escolha do novo presidente do Galo. Alexandre Kalil, como já esperado, é o novo presidente do Atlético Mineiro. No total, 403 conselheiros votaram. Kalil recebeu 271 votos, Sérgio Bias Fortes 130, o candidato Itamar Vasconcellos que disputa a presidência pela quarta vez, recebeu apenas um voto, houve também um voto nulo.


O mandato de Alexandre Kalil irá até 31 de dezembro de 2011. Seu vice-presidente é Daniel Diniz Nepomuceno. O primeiro ato do novo presidente será a "contratação" da torcida. Ele disse que abaixará os preços dos ingressos no jogo contra o Vasco, que será quarta-feira 12/11, todos os setores custarão 5 reais. " A minha grande contratação, a partir desse momento, é a torcida do Atlético. São cinco reais em qualquer lugar do estádio. É a grande festa que eu quero de posse. Vamos fazer essa a grande contratação no centenário. Vamos colocar essa torcida, que apavora os adversários, dentro do clube", disse. Fonte: super esportes


Respostas aos comentários do último post - Atlético x Inter

Saulo : Apesar de ter empatado com o Inter e perdido para o Coritiba, conseguimos um importante resultado contra o Botafogo, e de acordo com alguns matemáticos com mais uma vitória escapamos de vez do rebaixamento. Abraço

mulher mineira: Pois é, perdemos para o Coxa e ficamos preocupados, mas graças a deus vencemos o Botafogo. Subimos uma posição e voltamos ao nosso querido 12º lugar. Alguns resultados ajudaram também. Pode até jogar mal, desde que saia da partida vitorioso. Bjos
Sobre o futebol carioca: Agora eu digo com mais tranquilidade, o Galo não cai mais. Abraço

Diego Louzada: O Inter é um time curioso, vence uma e perde outra. Realmente agora eu falo de boca cheia, o Galo não cai mais. Essa vitória contra o Botafogo deu mais tranquilidade e confiança. Com mais 3 pontos escapamos de vez do rebaixamento. É vencer o Vitória, e dar o troco do primeiro turno no Vascão.
Aldevan: Pois é, realmente foi um golaço do Renan Oliveira contra o Coxa, mas infelizmente perdemos. Nós estávamos há 5 pontos da zona de rebaixamento, mas com a vitória sobre o Fogão, respiramos aliviados
Warley: Parabéns pelos 500.000 page views, não deu pra visitar o seu blog, eu estava sem tempo. Abraço

Daniel Reiner: E ai, já visitei o seu blog e comentei. Muito bom mesmo. Podemos trocar links sim, já coloquei o seu link aqui. Abraço

Galo para sempre

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Empate amargo e perda de posição na tabela


O Galo entrou em campo no Sábado, no Mineirão, contra o Inter, sabíamos que seria um jogo difícil, mas esperávamos a vitória. Depois de oito rodadas parado na 12ª posição, o Galo finalmente saiu de lá, porém caiu para 13º. O santos venceu o Figueirense e chegou a 39 pontos, enquanto o Galo somou um ponto e chegou a 38 pontos.

O torcedor, que foi ao campo ver Atlético e Internacional, presenciou um bom jogo de futebol. Equilibrado e cheio de emoções, o confronto foi marcado pela alternância no placar. O Galo saiu na frente, o Inter empatou e virou, e o time alvinegro igualou novamente o marcador.

O jogo


O jogo já começou movimentado, e logo aos 16 segundos de jogo, o atacante atleticano Renan Oliveira partiu pra cima da defesa e bateu fraco para a defesa do goleiro Lauro. Melhor no início da partida, o Galo pressionava e chegou ao seu gol aos 6 minutos, Marques partiu pela esquerda e cruzou para Castillo pegar de primeira. Galo 1x0

Enquanto o Atlético estava melhor em campo, o Inter apostava na correira do Nilmar e nos chutes de longa distância do Alex. O lateral César Prates e Renan Oliveira criam boas oportunidades, mas faltou caprichar na hora da conclusão. A partir dos 30 minutos, o Inter foi pra cima e equilibrou o jogo. Dessa vez era o Colorado que pressionava, enquanto o Galo só defendia. Mas o time alvinegro se virou bem na marcação, final da primeira etapa, 1x0 Galo.

Para o segundo tempo uma baixa, o zagueiro Vinícius sentiu uma fisgada na coxa esquerda e teve que sair, Welton Felipe entrou em seu lugar. O começo da etapa final não foi boa para o Galo, o Inter pressionava e para pior o atacante Marques se contundiu e teve que sair para a entrada do garoto Pedro Paulo.

E não demorou muito para os gaúchos empatarem, aos 4 minutos, Nilmar entrou na área e foi derrubado por César Prates, pênalti claro. Um lance infantil do lateral atleticano. Alex cobrou a penalidade com paradinha e tudo no canto esquerdo de Juninho. 1x1.

Aos 17 minutos, o técnico Marcelo Oliveira resolveu arriscar, ele tirou o volante Elton e colocou o meia sérvio Petkovic. Mas aos 23 minutos, o Inter fez a virada, Alex cobrou, o goleiro Juninho falhou e Sandro sozinho completou para as redes. 2x1 Inter.

O jogo ficou nervoso, e a esperança era uma jogada individual para tentar o empate. E foi o que aconteceu aos 29 minutos, o atacante Pedro Paulo passou por 2 adversários e bateu no canto do goleiro Lauro. 2x2

A torcida atleticana se animou e tentava empurrar o time para a vitória, várias chances foram criadas, pelo Galo e pelo inter. O time Gaúcho chegou a fazer o 3º, mas o atacante Nilmar estava em impedimento.

O público foi pequeno e decepcionante no Mineirão, foram 8.865 pagantes, devido a derrota para o Cruzeiro e as eleições (já que muita gente viajou para votar). O árbitro do jogo foi Sálvio Spínola Fagundes Filho (FIFA-SP). O jogo foi válido pela 31ª rodada do Brasileirão.

Próximo jogo e desfalques


O Atlético volta a entrar em campo pelo Brasileirão, amanhã, 19/10, ás 19h30 no Couto Pereira contra o Coritiba. Jogo válido pela 32ª rodada. O técnico Marcelo Oliveira tem muita dificuldade para armar o time, já que não poderá contar com quase meio time.

Serão cinco desfalques: o zagueiro Marcos com pequena lesão no ligamento colateral medial do joelho direito, o volante Rafael Miranda com estiramento na coxa direita, o zagueiro Vinícius que sofreu uma fisgada na região posterior da coxa esquerda (estiramento de grau 2) e ficará parado por 3 semanas, o atacante Marques com dores no joelho direito e o lateral César Prates suspenso. Além do atacante Jael também machucado.

O Galo tem um time limitado e não tem muitas opções, por isso, a preocupação é grande. O Coritiba vem de derrota para o Flamengo por 5x0, mas, é um time perigoso e conta com dois bons jogadores, Keirrison e Pedro Ken.

O técnico Marcelo Oliveira relacionou 19 jogadores para irem a Coritiba. Para o lugar do zagueiro Vinícius, a opção dever ser Welton Felipe, Raphael Aguiar deve ser improvisado na esquerda e para o lugar de Marques entra o garoto Pedro Paulo.

O Galo deve entrar em campo com: Juninho, Sheslon, Leandro Almeida, Welton Felipe e Raphael Aguiar; Serginho, Elton, Márcio Araújo e Renan Oliveira; Castillo e Pedro Paulo.

Jogadores relacionados:
Goleiros:
Juninho e Édson
Zagueiros: Leandro Almeida, Welton Felipe e Nen
Lateral: Sheslon
Volantes: Márcio Araújo, Serginho e Elton
Meias: Renan Oliveira, Petkovic, Tchô, Yuri, Gedeon e Danilo Rios
Atacantes: Castillo, Pedro Paulo, Beto e Raphael Aguiar.

Respostas comentários do post sobre Atlético x Cruzeiro

Diego Louzada: Pois é Diego, uma pena mesmo a derrota, não só porque aproximou o Cruzeiro da liderança, mas deixou o Galo mais perto dos times da zona de rebaixamento. Esta rodada ter reservou alegria né, uma vitória do Vasco. Mas o meu Galo só empatou em casa. Por falar nisso tem Galo x Vasco ainda e será no Mineirão. Revanche dos 6x0 do primeiro turno. Abraço

Saulo Milleri Biral: A torcida fez a parte dela, mas o time não correspondeu e pra piorar ajudou o rival na briga pelo título. Temos ainda um jogo contra o Grêmio, quero ver todos os cruzeirenses gritando Galo. Abraço

Aldevan Junior: Com certeza 37 pontos não garantem o Galo na série A, e 38 também não. Temos que abrir o olho, nós perdemos uma posição e agora temos que nos recuperar fora de casa. È um pesadelo o ano do centenário, mas dizem que a comemoração é só nos 101 anos, quem sabe. Abraço

Sobre o futebol carioca: Não sei não, é bom abrir o olho, não existe ninguém incaível. Abraço

Wilson Hebert: Pois é, o Galo tem um time limitado e por isso vai nessa de vence uma, perde uma e por ai vai. Tem muitos desfalques, e pra piorar tem poucas peças de reposição. Espero pelo menos garantir a Sul-americana, não acho que o rebaixamento é coisa do passado, é bom ficar de olhos abertos.

Mulher Mineira: A atuação do Galo foi realmente ridícula, nem entrou em campo. Valeu por linkar o blog, o seu também será linkado. E sobre a crise política do Galo, sem comentários. Esse é o ano do centenário, um ano pra se esquecer. Bjos

Galo para sempre

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Novo post amanhã 28/10

Galera, ando muito apertado com a faculdade e o estágio. Vocês sabem como é o fim de ano...
Por isso estou demorando a atualizar, mas amanhã terça-feira estarei postando um texto sobre o empate entre Galo e Inter...Não percam!!!
E na Sexta-feira 31/10 um texto sobre o novo presidente do Galo, que será conhecido na Quinta 30/10, divulgarei aqui no blog o resultado da eleição.....
As repostas dos comentários do post anterior, também virão amanhã junto com o texto...
Obrigado e....
Galo para sempre....

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Bela apresentação da torcida e exibição vergonhosa em campo - E ainda discussão antes do jogo e demissão

Fotos: Marcelo Gonçalves

Torcida deu espetáculo, mas em campo o time não correspondeu


Galo criou poucas oportunidades de gols



Obs: Devido a falta de tempo que estou tendo, por causa da faculdade e estágio, talvez o texto não esteja como eu queria, mas para não deixar vocês sem atualização, ai está o texto sobre o clássico de domingo. Me desculpem se não estiver bom, no próximo capricharei mais.

Uma exibição lamentável e medíocre do time atleticano, foi o que vimos domingo no Mineirão. Antes do jogo, o diretor de futebol Afonso Paulino e o diretor Alexandre Faria bateram boca, e Afonso demitiu Alexandre. “Ele foi demitido, não pertence mais ao atlético, é um empresário de jogadores e comanda uma quadrilha dentro do clube”, disse Afonso Paulino a rádio Itatiaia. “Ele vai ter que provar essas acusações”, respondeu Alexandre Faria.

Nas arquibancadas, vimos uma bela festa da torcida atleticana. Porém, no campo, os jogadores não corresponderam. Desfalcado de jogadores importantes, como o sérvio Petkovic, o zagueiro marcos, o volante Rafael Miranda e o lateral César Prates, o Galo não conseguiu repetir a boa atuação do jogo contra o Flamengo.

No primeiro tempo, foi um jogo de um time só, defesa contra ataque. O Cruzeiro dominou e podia ter saído com uma goleada. Porém, o goleiro Juninho salvou o Atlético de um vexame maior no Mineirão. Marques voltou ao time titular depois de cumprir suspensão, o garoto Denílson (horroroso, não joga nada) entrou no meio e o volante Élton foi improvisado como lateral pela esquerda.

O Atlético praticamente não tinha meio-de-campo, e o Cruzeiro dominou o setor. Com dificuldades o Galo não marcava e deixava a equipe celeste chegar como queria. Foi um verdadeiro bombardeio no gol de Juninho, que salvou o Galo. Aos 20 minutos, já tinham sido 11 finalizações do Cruzeiro e nenhuma do Galo.

Aos 2 minutos, Henrique arriscou de fora da área e Juninho fez uma grande defesa. Aos 12, o volante Ramires cabeceou no travessão. A primeira finalização do Galo foi aos 30 minutos, depois de cruzamento na área a cabeçada do boliviano Castillo para fora. Aos 42 minutos, a casa caiu, Fernandinho tocou para Jonathan na direita, livre ele avanço e bateu no canto. 1x0 Azul rosados.

No segundo tempo, o Galo voltou mudado, o péssimo volante Denílson saiu para entrada de Raphael Aguiar. Com isso Élton foi para o meio e Aguiar foi para a lateral esquerda. O Atlético voltou melhor, mas, com muita dificuldade nos passes e finalizações. Aos 6, Márcio Araújo arriscou chute e o goleiro Fábio defendeu.

Aos 16 minutos, começava os erros do técnico Marcelo Oliveira, ele tirou o melhor em campo, Marques, e colocou o jovem Pedro Paulo. A entrada do garoto Pedro foi acertada, o garoto joga muito, porém deveria ter sido no lugar do boliviano Castillo, que estava andando em campo e não no lugar de Marques. Para completar, o técnico atleticano sacou Élton, que melhorou o meio de campo do Atlético no segundo tempo, e colocou Chô.

Porém, o Cruzeiro aproveitava bem os seus contra-ataques, tinha espaço e chegava com perigo. A derrota atleticana foi definida, aos 46 minutos, o goleiro Juninho cometeu pênalti em Elicarlos. Se Juninho não fizesse a falta, seria gol. Guilherme cobrou e fechou o placar, 2x0 Cruzeiro.

Lamentável, vergonhosa e inexplicável exibição, o time alvinegro parecia entregar o jogo. Foi muito estranho o jogo, os jogadores alvinegros estavam totalmente desligados em campo. A torcida que foi em peso, saiu mais uma vez decepcionada de campo. Agora a imprensa é engraçada, todos criticavam o atacante cruzeirense Guilherme, e ontem encheram a bola dele. Ele não jogou nada, quando apareceu na cara do gol, chutou torto quase para a lateral. E o gol dele foi de pênalti. Na minha opinião, ele ta meio gordinho e ontem não influenciou em nada no jogo.

Discussão antes de jogo e demissão confirmada


Domingo antes do jogo decisivo e importante para o Galo, houve uma discussão no vestiário. O conselheiro Afonso Paulino e o diretor de futebol Alexandre Faria bateram boca. Afonso pediu para que Alexandre Faria deixasse o local e a partir daí começou a confusão. Em entrevista a rádio Itatiaia, ontem no final do jogo, Afonso Paulino acusou Alexandre de ser empresário de jogadores e de comandar uma quadrilha dentro do Galo. Alexandre Faria também na Itatiaia, respondeu na mesma hora, “ele vai ter de provar essas acusações”.

Ontem pela manhã, o conselheiro Afonso Paulino, confirmou, oficialmente, a demissão de Alexandre Faria, diretor de futebol remunerado do Galo, e Felipe Ximenes, gerente geral das categorias de base. Em entrevista coletiva, ontem, na sede de Lourdes, ele disse que Alexandre Faria já foi agente de jogadores, função sem compatibilidade com o cargo de diretor. “Durante sua vida esportiva, ele é um agente de jogadores. Tem uma empresa que se chama Alfa Consultoria Esportiva. Ele tem um contrato com o Atlético como diretor de futebol e como agente do Atlético para trazer jogadores e vender jogadores. Não estamos falando em momento algum que ele tenha cometido, com a venda ou compra de jogadores, alguma irregularidade. O que nós entendemos é que um agente de futebol não pode ser diretor de futebol”, afirmou Afonso Paulino.

Sobre o Felipe Ximenes e a categoria de bases, ele falou que tem recebido várias denúncias de empresários que estão levando jogadores. Um bom exemplo foi a saída do bom goleiro Vinícius do time juvenil, que foi negociado com a Udinese, da Itália. “Houve lá, há pouco tempo, um jogador que foi vendido para a Udinese. Estava dentro do Atlético um goleiro de 1,96m e o Atlético perdeu o jogador dentro da concentração. A imprensa noticiou e nós tomamos conhecimento. Ele foi retirado lá de dentro e levado para a Udinese. A resposta que nós recebemos é que ele era um goleiro ‘mais ou menos’. Eu faço a pergunta: será que um goleiro que vai para a Itália seria um goleiro ‘mais ou menos’? São coisas estranhas que acontecem. Está aí o motivo e nós já começamos a fazer essa reformulação”, frisou Afonso.


Mauricio Pimenta Marques, coordenador técnico da base, e Fábio Cortês Torres, técnico do infantil, também foram mandados embora do Galo. “Será que em Belo Horizonte nós não temos um técnico infantil para ser treinador no Atlético? Nós temos que buscar no Rio de Janeiro, cuja origem pode ser o Ximenes (Felipe), o seu Fábio e outros mais?”, completou Afonso. Informações e citações tiradas do site Super Esportes.

Respostas aos comentários do post anterior

Não é costume, mas a partir de hoje, sempre no novo post, vou responder os comentários do post anterior.


Então vamos lá:

Saulo Milleri Biral: Concordo com você, o Galo podia ter jogado igual jogou com o Flamengo em jogos anteriores, mas não sei o que acontece. Os desfalques atrapalham, o técnico Marcelo Oliveira não consegue repetir o mesmo time já faz algumas rodadas. A charge é muito boa mesmo, o Marcelo Vagas é quem faz e ele tem a manha. Abraço

Diego Mesquita: Pois é, eu também estava com saudade ver o Galo jogar com qualidade, pena que atualmente é só em 10 em 10 jogos. Abraço

Aldevan Junior: Você tinha razão, não adiantou nada vencer o Flamengo, se perdemos o jogo mais importante para o Cruzeiro. Eu me pergunto porque o Galo não joga todo jogo como contra o Rubro-negro. Abraço

Diego Louzada: Realmente vencer o Flamengo no Maracanã com 80 mil pessoas não tem preço. Pena que perdemos o clássico para o Cruzeiro. E seu time perdeu para o Urubu e se complicou. O tempo ta acabando, e o Vasco ta cada vez mais perto da segunda divisão.

Wilson Herbert: Com certeza, o Atlético fez a partida do ano contra o seu Flamengo. Pena que perdemos para o Cruzeiro, o nosso maior rival e de forma vergonhosa. Para seu azar Palmeiras e São Paulo empataram, mas não ficou de tão ruim para o Urubu que venceu o Vasco. A luta pelo título e libertadores ta cada vez mais emocionante. Abraço

Filipe Araújo: Foi uma bela atuação no Maracanã, pena que não repetimos a boa atuação contra o Cruzeiro. Abraço

Warley Morbeck: O Galo mostrou mesmo que o Flamengo tem suas fragilidades. O Caio Júnior é um chorão. O rubro-negro não pode ganhar um jogo e já acha que vai ser campeão, venceu o Vasco e lá vai o presidente falar demais de novo. Abraço

Sobre o futebol carioca: Contra o Flamengo o Galo jogou muito, mas contra o Cruzeiro a história foi outra. Abraço.

Brahma: E ai cara, não conseguir entra no seu blog para ver a matéria do Renan Oliveira. Aparece que o blog não existe. Passa o link ai e entraremos lá. Abraço

Rui Moura:
Podemos trocar de links sim, inclusive já adicionei o seu. Abraço


Nas alegrias e tristezas, derrotas e vitórias


Galo para sempre! ! !

terça-feira, 14 de outubro de 2008

Exibição de gala - Urubu depenado e outras informações do Clube Atlético Mineiro

O autor dessa charge é Marcelo Vargas, ficou muito boa por sinal, confira essa e outras charges no blog Copo Sujo.

Andre Mourao/AGIF/Agencia O Globo


“Já estamos preparando a festa do hexa, porque tenho certeza de que o Flamengo vai ser campeão” “Não se pode esquecer que eu já fui campeão várias vezes. Das cinco conquistas nacionais do clube, eu estive presente em três. A primeira, a do meio e a do penta” palavras de Márcio Braga, presidente do Flamengo
Acho que o Márcio Braga esqueceu que nessas conquistas tinha ao seu lado José Roberto Wright e José Assis de Aragão, e atualmente eles já se aposentaram. É como diz o ditado: quem fala demais dá bom dia a cavalo, e foi o que aconteceu com o Márcio Braga.

O Galo dominou o jogo e mereceu ganhar, podia ter sido até maior o placar. Até o zagueiro rubro-negro Ronaldo Angelim concordou que o Flamengo ficou no lucro. O que me deixou mais assustado foi o que disse o técnico Caio Júnior, ele disse que no segundo gol faltou o fair play para o Atlético, tinha um jogado do Flamengo caído e não tocaram a bola pra fora. É brincadeira, primeiro que o jogador nem se machucou, e depois o César Prates cortou a cabeça, tava caído e o Paulo César Oliveira depois de muito tempo resolveu parar o jogo, por quê? A bola tava com o Flamengo, e eles não queriam colocar a bola pra fora. Por isso o juiz foi obrigado a parar o jogo. Então não venha com desculpas. Mas no final a garotada atleticana arrebentou, a maioria dos jogadores veio das categorias de base, o lateral Sheslon, o zagueiro Leandro Almeida, os volantes Rafael Miranda, Serginho e Márcio Araújo, o meia Chô, os atacantes Renan Oliveira e Pedro Paulo. Apenas cinco jogadores em campo não são da base, o zagueiro Marcos, o goleiro Juninho, o lateral César Prates, o meia sérvio Petkovic, o atacante boliviano Castillo e o volante Élton.

O jogo
Vamos então ao jogo, o primeiro tempo começou equilibrado, com muitos erros de passe. O Flamengo tinha dificuldade em passar pelo bloqueio atleticano, e na ânsia de atacar deixou espaços para o Galo, que aproveitou bem os contra-ataques. Aos 25 minutos, o boliviano Castillo apareceu bem pela direita e cruzou rasteiro para Pedro Paulo bater e o goleiro Bruno fazer grande defesa.

Aos 27, um susto, Leonardo Moura cruzou para Marcelinho Paraíba cabecear no travessão. Quatro minutos depois, Renan Oliveira chutou a bola na defesa carioca, a bola sobrou para Castillo que emendou um belo chute e marcou o seu primeiro gol no Brasileiro. 1x0 Atlético.

Pouco depois, o técnico Caio Júnior insatisfeito resolveu mudar na equipe, tirou o volante Kleberson e colocou Eric Flores.

No segundo tempo, o Flamengo com a necessidade de atacar, se abriu e deu espaços para o Galo no contra-ataque. Até os 15 minutos, o time carioca atacava desordenadamente sem conseguir passar pela defesa atleticana. O que deixava os jogadores e a torcida irritados. Então veio castigo, aos 20 minutos, Pedro Paulo puxou rápido contra-ataque e tocou para Renan Oliveira na cara do gol, com calma ele escolheu o canto e ampliou Galo 2x0.

Perdido em campo, o time carioca continuou cedendo espaço ao Atlético, e aos 29, Márcio Araújo recebeu na área e bateu cruzado, o goleiro Bruno (atleticano fanático), falhou e soltou a bola nos pés do zagueiro Leandro Almeida, que apenas empurrou para as redes. Placar final Galo 3x0.

A maneira como o Atlético jogou foi espetacular, um esquema tático perfeito, o técnico Marcelo Oliveira vem conquistando a torcida e mostrando que aprendeu muito com o mestre Telê Santana. Muitos questionaram a decisão do treinador de deixar o sérvio Petkovic no banco, mas ele sabia o que estava fazendo e deu certo. O garoto Pedro Paulo entrou com muita vontade e infernizou a defesa flamenguista. O boliviano Castillo também jogou bem e finalmente marcou o seu primeiro de muitos gols que ainda irá fazer com a camisa alvinegra. E o lateral Sheslon também foi muito bem, já faz algum tempo que eu venho pedindo oportunidade para o garoto. Outros grandes destaques da partida também vieram da categoria de base, o volante Serginho e o atacante Renan Oliveira.

As duas equipes terão clássico no próximo jogo, o Flamengo enfrenta o Vasco, no Maracanã, domingo dia 19. No mesmo dia, o Galo enfrenta o Cruzeiro, no Mineirão ás 16 horas.

Vendas de ingressos para o clássico Atlético x Cruzeiro

A torcida atleticana já pode adquirir o seu ingresso para o clássico pela internet, no Ingresso Fácil. Os preços são os seguintes : Cadeira superior ( portões 9 e 12) R$ 25 + taxa de convivência de R$ 8, Cadeira setor ( portão 13) R$ 20 + taxa de convivência de R$ 6, Cadeira Especial ( portões 1 e 14, nesse setor não haverá divisão das torcidas) R$ 40 + taxa de convivência de R$ 10, Geral ( portões 10 e 11) R$ 8 + taxa de convivência de R$ 4. Pela internet não é possível adquirir ingressos de meia-entrada.

Nos postos de vendas os ingressos começaram a ser vendidos amanhã, quarta-feira, a partir das 9 horas. Serão colocados a venda, 60.920 ingressos, sendo 30.460 para cada torcida. Os preços dos ingressos serão:Cadeira Especial - 40,00 / no dia do jogo 45,00 / portões 1 e 14 ( não haverá divisão)Cadeira Superior - 25,00 / no dia do jogo 30,00 / portões 03, 06 ( Cruzeiro) , 09 e 12 (Atlético)Cadeira de Setor - 20,00/ no dia do jogo 25,00 / 02 ( Cruzeiro) e 13 ( Atlético)Cadeira Inferior - 20,00/ no dia do jogo 25,00 / 07 ( Cruzeiro) e 08 ( Atlético)Geral - 8,00 / no dia do jogo 10,00 / 04, 05 ( Cruzeiro), 10 e 11 ( Atlético). Todos os setores terão ingressos de meia entrada.
Confira aqui outras informações e os postos de vendas de cada clube.

Novo estatuto aprovado e eleições definidas

Na reunião, na noite desta segunda-feira, no auditório Elias Kalil, na sede do Galo em Lourdes, o conselho deliberativo aprovou os termos do novo estatuto e definiu a data para a eleição que escolherá o novo presidente do Atlético. A eleição será no próximo dia 30, e o mandato será de 3 anos. O estatuto foi aprovado com 152 votos a favor e 81 contra. O termo traz algumas mudanças, entre elas, a redução do número de vice-presidentes, que eram quatro a agora será apenas um.

Mais informações clique aqui

Nova chapa poderá surgir nas eleições
Três chapas já foram definidas para a eleição que definirá o novo presidente do Galo, são elas a do Alexandre Kalil e Sérgio Bias Fortes e o sócio Itamar Vasconcellos. Porém, uma quarta chapa poderá surgir nos próximos dias. Pelo menos é o que disse o presidente em exercício do Conselho do Atlético, Antônio Passos, de acordo com ele o deputado federal Virgílio Guimarães e o ex-presidente da Usiminas, Rinaldo Campos Soares podem fechar uma chapa. O edital das eleições será publicado nesta quarta-feira.


O Urubu já era, e que venha o Cruzeirinho !!!
Vamos lotar o Mineirão domingo e

Galo para sempre

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Morre ex-volante do Atlético e da Seleção Brasileira

Arquivo Estado de Minas


Morreu na madrugada desta quarta-feira, em São Paulo, aos 59 anos, o ex-volante do Galo Chicão. Francisco Jesuíno Avanzi ou simplesmente Chicão, sofria de câncer no esôfago e há tempos lutava com a doença. O corpo do jogador será velado na Câmara Municipal de Piracicaba, sua cidade natal. E o enterro acontece na manhã desta quinta-feira na cidade.



Chicão atuou pelo Galo em 1980 e 1981, e se consagrou bicampeão mineiro. Além do Atlético, ele teve passagens pelo São Paulo - onde era conhecido como o deus da raça, entre 1973 a 1979. Pelo tricolor conquistou o Paulista em 1975 e o Brasileiro de 1977, inclusive ele era o capitão do time. Além disso, Chicão atuou no XV de Piracicaba, União Barbarense, São Bento, Ponte Preta, Santos, Corinthians-PP, Botafogo-RP, e Mogi Mirim, além de disputar a Copa do Mundo na Argentina em 1978, com a Seleção Brasileira.



O blog Galo para sempre manda solidariedades para a família, e força porque a vida continua....



Chicão obrigado por tudo e descanse em paz



Galo para sempre

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Cobertura e bastidores do Clube Atlético Mineiro

Reprodução TV Alterosa


Rodrigo Coca/Futura Press




Se não bastasse a crise política e econômica no Atlético, agora alguns jogadores nada profissionais aprontaram em São Paulo (falarei sobre isso mais pra frente), ás vésperas do jogo contra o Palmeiras. Lenílson, Calisto e Mariano foram cortados devido a balada, com isso dois jogadores foram chamados as pressas para o jogo, o jovem lateral da base Sheslon e o meia-atacante Raphael Aguiar.

Um jogão entre Galo e Palmeiras, pelo menos era o que se esperava. No início do primeiro tempo, o Palmeiras teve boas chances, aos 4 minutos Kleber recebeu livre e bateu para grande defesa do goleiro Juninho. Oito minutos depois, Alex Mineiro pegou um rebote de primeira e Juninho mais uma vez salvou o alvinegro. A defesa atleticana errou muito, porém, a do porco também vacilou. Aos 31 minutos, Marques roubou bola de Maurício e tocou para Renan Oliveira só completar, Galo 1x0.

A torcida atleticana passou a acreditar na vitória e nos 3 pontos. Pelo menos, até aos 36 minutos, quando num lance infantil Marques deu um tapa na bola e recebeu o segundo amarelo, amarelo com amarelo = vermelho. Tudo bem que Marques mereceu o segundo amarelo, mas e o primeiro? Ele nem encostou no jogador e foi amarelado.

Com um jogador a menos, o Galo não conseguiu segurar o time paulista, aos 43 minutos, Alex Mineiro recebeu na área e rolou para Leandro que mandou no ângulo de Juninho, 1x1. Aos 49 quase saiu o gol da virada, Alex Mineiro cabeceou por cima de Juninho, mas a bola ficou no travessão.

No segundo tempo, domínio total dos palmeirenses, o Galo não conseguia armar o contra-ataque e era sufoco total na defesa, aos 2 minutos Kleber pegou de primeira e Juninho defendeu, aos 8 Leo Lima chutou da entrada da área e acertou o travessão. O time alviverde tanto insistiu que conseguiu, aos 17 minutos, Denílson, que tinha acabado de entrar, carregou a bola pela esquerda fintou o zagueiro atleticano e cruzou para Alex Mineiro dominar e mandar para as redes: 2x1.

Jogando com facilidade, o porco ampliou aos 33 minutos, Kleber recebeu na área e bateu para Juninho defender, no rebote Denílson não perdoou. Placar final Palmeiras 3 x 1 Atlético.

Arbitragem complicada

Para variar colocaram um juiz ladrão para apitar jogo do Galo. O árbitro do jogo foi Elmo Alves Resende Cunha, de Goiás, simplesmente péssimo dos péssimos. Um juiz sem critério nenhum. Primeiro a expulsão do Marques, justa? O segundo cartão sim foi merecido, deu um tapa na bola. Mas o primeiro não, ele nem encostou no jogador palmeirense. O atacante alviverde Kleber fez pelo menos 2 faltas por trás e nem amarelo recebeu, e ainda por cima chutou a bola na cara do zagueiro atleticano que estava caído no chão. Nada de cartão. Até Luxemburgo percebeu que Kleber estava agressivo, tanto que mandou ele se acalmar. Depois o lateral Leandro agrediu o volante alvinegro Serginho, cartão? Não, nada disso....
No segundo gol palmeirense, falta no campo de ataque para o Galo, mas o juizão mandou seguir e deu no que deu. Pode dizer que eu choro demais, mas esse juiz tava mal intencionado, ta armado para o Palmeiras ser campeão.

Noitada e demissão

Se não bastasse a crise política e econômica no Galo, 3 jogadores resolveu ir para a balada ás vésperas do jogo contra o Palmeiras. De acordo com o diretor de futebol Alexandre Faria, depois do café das 22:30, todos os jogadores foram para os seus quartos e deveriam ficar lá concentrados. Porém por diversas vezes passou nos quartos e percebeu que o meia Lenílson, o lateral Mariano e o lateral Calisto não estavam em seus quartos. De acordo ainda com o diretor, eles só retornaram ás 5 horas da manhã. Mariano enviou comunicado a imprensa admitindo o erro e disse estar arrependido, ainda falou que sabe que prejudicou a equipe. Já Calisto, por meio da sua assessoria de imprensa, negou ter abandonado a concentração para participar de uma noitada na capital paulista, e que tomará as medidas cabíveis contra essas informações mentirosas. Já Lenílson não se manifestou. Os três jogadores foram demitidos por justa causa ontem e saíram da sede de Lourdes sobre forte esquema policial. Torcedores da Galoucura estavam no local para conversar com o presidente provisório do conselho deliberativo do Galo, Antônio Silva Passos, e ficaram sabendo que os jogadores estavam no local. Com medo os jogadores saíram escoltados pela polícia.

Reunião para decidir e definir o novo estatuto foi marcada
A reunião para decidir e denir o novo estatuto do clube, finalmente, foi marcada. A reunião acontecerá na próxima segunda-feira, dia 13, no auditório Elias Kalil, na sede administrativa do clube, no bairro de Lourdes, ás 17 horas (primeira convocação), com segundo chamada marca para 18 horas. Na reunião deverá ser decido a data das eleições para escolher o novo presidente do Galo. Confira aqui o edital de convocação da reunião. E para outras informações sobre as mudanças no estatuto clique aqui

Próximo jogo – Clássico a vista
Mesmo com todos os problemas e a situação complicada no campeonato, o Galo tem que pensar agora no seu próximo confronto. O Atlético terá dois clássicos pela frente, primeiro no próximo sábado 11/10 ás 18:20 enfrenta o Flamengo no maracanã e no domingo 19/10 o Cruzeiro no Mineirão, também as 18:20. No confronto em brasileiros, o Atlético tem uma vantagem em relação aos rubro-negros, em 41 jogos, 16 vitórias do Galo, 10 empates e 15 vitórias do Flamengo. Já no retrospecto geral, a vantagem é do time carioca, 36 vitórias do urubu contra 27 do Galo e 27 empates.

Nas vitórias e derrotas, alegrias e tristezas

Galo para sempre

terça-feira, 30 de setembro de 2008

Últimas do Clube Atlético Mineiro

Lance Net Crédito: Gil Leonardi
Foto Super Esportes - Jorge Gontijo/EM/D.A Press

Empate com gosto de derrota

Um empate com gosto de derrota, esse foi o sabor do zero a zero contra o Figueirense. O torcedor, que aos poucos vai voltando ao campo, esteve em bom público e apoio do início ao fim. Porém, o time não correspondeu no gramado. Nem tenho muito o que falar não, foi um jogo péssimo. Era o Galo atacante e o Figueira defendendo. Sem qualidade na armação das jogadas, o Atlético teve poucas oportunidades.

A maioria dos ataques atleticanos era pelo lado esquerdo do seu ataque com Marques e o lateral César Prates. E as suas melhores chances foram justamente em cruzamentos dos dois jogadores. O primeiro Renan Oliveira cabeceou para fora. Depois Lenílson que cabeceou por cima da meta.

No segundo tempo, logo no comecinho, o volante Serginho foi substituído depois de receber uma pancada na cabeça. Ele ficou tonto e não falava coisa com coisa. O que preocupou a comissão técnica e os torcedores. Mas felizmente os exames não detectaram nenhuma lesão.

No segundo, quase não houve chances de gols. A primeira boa oportunidade foi do time catarinense, Wellington Amorim foi lançado, mas Juninho sai e ficou com a bola. Depois disso, o Galo criou uma chance, Mariano cruzou para Castillo, mas este furou a cabeçada. Não teve mais nada no jogo, placar final 0 x 0. Resultado ruim para as duas equipes, pior para o Atlético que jogou em casa. O Galo permanece estacionado na 12ª posição, com 34 pontos. Já o Figueira é o 15º com 29 pontos.

Seqüência da “morte”

O Atlético agora terá uma seqüência muito complicada no Brasileiro. O próximo jogo será no sábado, dia 04/10, ás 16 horas no Parque Antártida. O jogo será transmitido pela Rede Globo Minas ( não sei se será transmitido para outro estado). Depois dois clássicos, sábado 11/10, pega o Flamengo ás 18:20 no Maracanã. O jogo será televisionado pela Sportv ( canal 39 na NET). No dia 19/10, tem o grande clássico contra o Cruzeiro, jogo ás 18:10 no Mineirão. O jogo não será televisionado, só para quem comprar o Per Per View. Depois enfrenta o Inter no Mineirão e o Coritiba no Couto Pereira, todos estão na frente do Galo na tabela.

Candidatura de Kalil à presidência confirmada

O ex-presidente do conselho deliberativo do Atlético, Alexandre Kalil, anunciou oficialmente nesta segunda a sua candidatura para a vaga a presidência do Galo. Filho de Elias Kalil, presidente do Galo de 1980 a 85, comentou a situação financeira do clube e falou da dívida superior a casa dos R$ 200 milhões, e disse ainda que se for eleito irá repassar mais recursos ao futebol. Na opinião de Kalil, se o Galo tiver um time forte, poderá se manter e resolver os outros problemas de forma mais organizada. “Por uma questão de filosofia, todo saneamento do Atlético-MG passa por time de futebol. Nada vai ser feito no Atlético se o futebol não brilhar. O meu pai falava que o Atlético-MG é um trem, cuja locomotiva é o time de futebol. Se esse time for bem, você vai agregando valor. Com isso, o Atlético pode se sanear sozinho. Não podemos ter uma folha de futebol dividida com funcionário, um milhão de funcionários e um milhão de futebol. Temos que ter um milhão e meio de futebol e quinhentos mil de funcionários”, explicou.


Alexandre Kalil criticou ainda o atual presidente do conselho deliberativo, João Batista Ardizoni, pela demora na convocação de novas eleições. “Ele (João Ardizoni) não foi eleito para formar uma junta militar e comandar o Atlético-MG. Ele tem que sentar na cadeira dele e convocar eleição, além de ficar neutro, querendo ou não”, criticou. Ele ainda falou sobre as suas promessas para o clube. Em uma delas, disse que Luxemburgo esteve perto do Galo e que o presidente não quis. E que gostaria de ver o técnico paulista no Galo. “O Atlético teve o Luxemburgo batendo na porta se a torcida não sabe, e o presidente do Atlético não quis. Eu quero o Luxemburgo. Não tenho essa vaidade. Eu quero ele mandando na grama, em todo mundo”, revelou. E ele também disse que ainda não tem chapa definida. Para conferir outros trechos da entrevista com Alexandre Kalil, clique aqui e confira. Lance Net

Novas regras no Campeonato Estadual


Haverá mudanças no Campeonato Mineiro 2009. Serão 12 times participantes, desses 12, 8 se classificarão para a fase final e dois serão rebaixados para o módulo 2. Diferentemente dos últimos anos, onde 4 se classificavam e disputavam a semifinal, em 2009 haverá a disputa das quartas de finais. Os clubes se enfrentarão em turno único. Os jogos começarão no dia 25 de janeiro. As inscrições de atletas vão até o dia 12 de março. A partir das quartas-de-final só poderão ser usados estádios com capacidade mínima de 10 mil pessoas. O preço mínimo dos ingressos será R$ 10,00. A renda será sempre do mandante, exceto nos clássicos envolvendo Atlético e Cruzeiro. Para Alexandre Faria, representante do Atlético na reunião, a nova fórmula do campeonato agradou em relação ao aumento do número de datas. “Acho que foi uma decisão de bom senso diante da inviabilidade da proposta apresentada inicialmente pelos clubes do interior. Não tínhamos data para isso. Eles reivindicavam um aumento do número de datas de 15 para 23 e isso era inviável. Chegou-se a uma proposta de bom senso. Até a última rodada terá disputa”, declarou Alexandre para a rádio Itatiaia.

Em minha opinião, essa nova fórmula do campeonato é uma invenção da confederação mineira de futebol, a antiga era melhor. O campeonato vai ficar sem graça.

Nas vitórias e derrotas, alegrias e tristezas – e nos empates também,
Galo para sempre

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

De volta : ex-presidente é o novo diretor de futebol do Galo

Foto Super Esportes / Jorge Gontijo/EM
Os bastidores do Atlético continuam fervendo. Primeiro o último vice do Galo, Gil César já renunciou e assim, o presidente do Conselho Deliberativo do Galo João Batista Ardizoni, assume o clube e irá convocar novas eleições.


Enquanto isso, uma novidade no Galo, o ex-presidente Afonso Paulino está de volta, mas não como presidente e sim como novo diretor de futebol do clube. O dirigente chegou cheio de disposição para ajudar o Atlético e garantiu que muita coisa irá mudar no Galo. “Assumi o futebol do Atlético. Sou o diretor de futebol, não remunerado e não quero ser remunerado. Já assumi a direção geral do futebol e muita coisa já começou a mudar por aqui”, garantiu Afonso Paulino."


O dirigente disse também que não faltará apoio ao elenco. “ Apoio total aos jogadores. O elenco não é o melhor, mas também não é o pior. Eles precisam de apoio, de solidariedade. Um clube como o Atlético não pode ficar desguarnecido assim. Precisa de apoio. Não tem mal caráter aqui, inclusive jogadores e comissão técnica. Todos têm caráter”, afirmou Afonso. Ele ainda deixou claro que os empresários que atuarem de forma suja, não terão vez no clube. “Aqui não vai ter empresários que não trabalhem de forma correta. Não mandei todos embora, mas aqueles que ficam aqui para ganhar dinheiro em cima dos meninos, entregando cartãozinho, estão fora".


Alexandre Faria e Hissa Elias Moisés estão fora

O novo diretor de futebol do Galo, Afonso Paulino, disse que o ex-diretor Alexandre Faria e o assessor da presidência Hissa Elias Moisés já sairam do clube. “Alexandre Faria já saiu, junto com o Hissa. E ainda tem muita gente para limpar. Desde sexta-feira, já comecei a limpar", relatou.


Afonso ainda disse que os jogadores e funcionários estão mais tranquilos. “Dei um incentivo aos jogadores. O ar mudou. Fico feliz de ver jogadores alegres, funcionários alegres. No jogo de sábado (vitória sobre o Náutico por 2 a 1), os jogadores podem não ter jogado bem, mas correram muito. Quero que eles sejam profissionais. Nada de beijar camisa, mas profissionalismo".


Ele ainda falou que a base deve sofrer alterações e finalizou dizendo que agora pretende ficar no Centro de Treinamentos de Vespasiano. “Estamos fazendo um levantamento dos jogadores da base, quem é quem, de onde é, se tem empresários . Agora fico direto e reto aqui no CT. Quando assumo alguma coisa, assumo mesmo, não tem meio termo".


Ao ler a notícia sobre o novo diretor de futebol do Galo, Afonso Paulino, fiquei feliz. Acho que pode dar certo. Já chegou colocando cada um em seu lugar. Mostrou que quer mesmo ajudar o Galo e ainda trabalhará sem remuneração. Como presidente do Galo, não me lembro, mas comentaristas e torcedores que lembram da sua gestão, dizem que foi limpa e elogiaram muito Afonso Paulino. Ele sempre estava presente no clube, os salários dos jogadores e funcionários eram pagos em dia.Vamos ver se vai dar certo.


Afonso Paulino seja bem vindo de volta a sua casa, ao glorioso Clube Atlético Mineiro, boa sorte e que o Galo volte a dar alegrias ao seu torcedor.....


Fonte: As informações e citações foram retiradas do site Super Esportes.


Galo para sempre, mesmo nas crises!!!

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

3 pontos sofridos e mais dois renunciam

Foto site Super Esportes

Vitória de Virada

O Atlético entrou em campo no sábado contra o Náutico, ás 18:20, no Mineirão. A expectativa era de vitória. A torcida, comparado a jogos anteriores, compareceu em melhor público e mostra que com a saída do Ziza a torcida voltará a comparecer aos jogos. Foram 12.468 pagantes.

Eu e toda a torcida atleticana fomos ao Mineirão acreditando numa vitória, e até esperávamos uma goleada alvinegra. Porém, o jogo não foi como o esperado. Um jogo horroroso, um futebol feio mostrado em campo. O primeiro tempo foi de doer os olhos. O Galo errava muitos passes e não conseguia finalizar. No ataque, apenas o atacante Marques tentava fazer alguma coisa, se movimentava, mas não tinha ajuda.

A defesa atleticana mostrava uma grande deficiência, os volantes Serginho - que fazia a cobertura do lateral César Prates e Márcio Araújo - que fazia a cobertura do lateral Mariano, avançavam demais e davam espaços para o time Pernambucano no contra-ataque. Em alguns lances não voltavam para marcar.

O goleiro Édson também não teve uma boa atuação, e foi vaiado pela torcida atleticana. A única grande defesa do goleiro alvinegro foi aos 7 minutos, quando o atacante Kuki apareceu na cara gol e Édson espalmou para escanteio. Mas aos 17 minutos, um levantamento estranho na área, o goleiro saiu mal e a bola sobrou para Ruy só completar para as redes. Náutico 1x0.

Nesse momento pensei que iamos perder e de goleada. O Galo estava muito mal em campo, e o Náutico quase chegou ao 2º gol aos 37 minutos, quando em um contragolpe, Clodoaldo apareceu na cara do gol, mas para nossa sorte bateu por cima da meta. A torcida perdeu a paciência e começou a vaiar alguns jogadores, principalmente o zagueiro Marcos e o goleiro Édson.

O ataque do Galo pouco produziu na primeira etapa, com Renan Oliveira, Marques e Lenílson reverzando. Sentimos a falta de um meia de criação para armar as jogadas. Porém no finalzinho do primeiro tempo, aos 42 minutos, Renan Oliveira fez jogada individual, avançou e bateu no canto direito do goleiro Eduardo. Final da primeira etapa Galo 1 x1 Náutico.

No segundo tempo o Galo voltou melhor na marcação, porém não conseguia chegar ao ataque com qualidade. Melhor no jogo, o Atlético quase virou o jogo aos 13 minutos, Marques fez boa jogada e cruzou para Márcio Araújo bater por cima. Para tentar melhorar o ataque e dá mais qualidade ao meio de campo, o técnico Marcelo Oliveira, fez duas substituições, ele tirou Renan Oliveira e colocou o boliviano Castillo, e tirou Lenílson ( péssimo dos péssimos) e colocou o sérvio Petkovic.

E o time melhorou. Logo no primeiro lance deles no jogo, Petkovic cobrou falta pela direita na área, Castillo cabeceou no travessão e na sobra o zagueiro Vinícius colocou para o fundo das redes. Galo 2x1. Depois de fazer o segundo gol, o Atlético recuou e passou mais a se defender. E por pouco aos 35 minutos, numa falha da defesa, Derley não empatou o jogo para os Pernambucanos. Ele pareceu na cara do gol mais bateu para fora.

Na tentativa de segurar e garantir a vitória, Marcelo Oliveira sacou Marques do time e colocou o meia Gedeon. O Galo conseguiu se segurar na defesa e garantir a vitória. O árbitro do jogo foi Paulo César Oliveira( FIFA-SP), não gosto dele, mas ele apitou bem o jogo. O próximo jogo do Galo é no sábado ás 18:20 contra o Figueirense. Depois deste jogo teremos uma sequência dura, dois jogos fora contra Palmeiras e Flamengo, além do clássico contra o Cruzeiro.

Mais dois renunciam
Hoje pela manhã, o vice-presidente financeiro do clube Renato Salvador e o vice-jurídico Roberto Vasconcellos, também renunciaram oficialmente aos cargos. De acordo com o site Super Esportes, Gil César Moreira de Abreu e Ronaldo Vasconcelos também devem renunciar ainda hoje. É provável que seja convocado uma eleição para escolher o novo presidente do Galo. Já surgem 3 pré-candidatos : Alexandre Kalil ( filho do ex-presidente Elias Kalil), Sérgio Bias Fortes ( filho do ex-presidente Walmir Pereira) e Itamar Vasconcelos, que foi derrotados nas últimas quatros eleições. Na minha opinião, o melhor nome para assumir o Galo é o de Alexandre Kalil. Eu sei que eu disse na última postagem que Kalil talvez não fosse um bom nome, mas dos que estão se candidatando, ele é o que mais ajudou o Galo.

Galo para sempre, também nas crises !!!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

ZIZA VALADARES RENUNCIA AO CARGO DE PRESIDENTE

foto GloboEsporte.com



Depois de uma tempestade de granizo que atingiu ontem a região metropolitana de Belo Horizonte ( BH, Betim e Contagem), hoje tivemos mais uma surpresa, Ziza Valadares renunciou ao cargo de presidente do Galo. Por volta das 11h e 30 min, Ziza deu uma coletiva e anunciou a sua saída.



A pressão da torcida, as ameaças sofridas, as dívidas do clube, Ziza não aguentou. O ex-presidente atleticano afirmou em coletiva que a sua saída não tem nada a ver com a investigação do Ministério Público. "Estou absolutamente despreocupado, encaminhei tudo para o Ministério Público. Não tenho nenhuma preocupação em relação a isso", afirmou.



Ele ainda criticou o Conselho Deliberativo e falou das torcidas organizadas. "Me preocupo muito mais com o movimento que é absolutamente orquestrado, e nós sabemos por quem, por pessoas do Conselho (Deliberativo), que têm a ousadia de mandar uma carta para a minha casa, me ameaçando. É uma pessoa do nosso Conselho Deliberativo. Me preocupo com as torcidas organizadas que entram aqui no Atlético para quebrar o patrimônio do Atlético, para me ameaçar", declarou. - fonte : Super Esportes



Ziza ainda falou que não saiu por medo. "Estou entregando agora uma carta de renúncia ao presidente do conselho, porque, apesar de tudo que fiz pelo Atlético, de todo o meu empenho, de dois anos e sete meses de muita dedicação ao Atlético, os doidos varridos vêm aqui agora e podem administrar", disse. fonte: - Super Esportes



De acordo com informações, quem assumiria o cargo de presidente do Galo, seria o vice-presidente Renato Salvador, mas este afirmou que não irar assumir o cargo. Assim o vice jurídico Roberto Vasconcelos assumiria. Caso este não aceite, a linha sucessória, pela ordem, assumiria o terceiro vice Ronaldo Vasconcelos ( vice-prefeito de Belo Horizonte), o quarto, Gil César Moreira de Abreu e o presidente do Conselho Deliberativo João Batista Ardizoni.



Na minha opinião, já foi tarde. Ele errou demais e a paciência do torcedor acabou. Prometeu o que não podia cumprir, deixou de trazer Leão, gastou um dinheirão em festas e shows para o centenário e esqueceu de montar um time e por ai vai.....Mas a crise do Galo não é só culpa do Ziza. Já vem de 10 anos atrás.....Os presidentes anteriores foram afundando o atlético aos poucos, Paulo Cury , Nélio Brant ( o maior erro dele foi ter pintado a santa), Ricardo Guimarães ( dobrou a dívida do Galo) e Ziza Valadares.



Muitos dizem que o presidente ideal para o Galo seria Alexandre Kalil, mas eu tenho minhas dúvidas....Para mim farinha do mesmo saco......



O Galo entra em campo no sábado, pelo Brasileiro, ás 18:20, contra o Náutico no Mineirão. Os ingressos já estão a venda e por um preço de banana...



Cadeira Superior lateral e central ( portões 9,12, 3, 6 e 7A) R$ 5 inteira e R$ 2,50 meia



Cadeira Especial ( portões 1 e 14) R$ 30 inteira e R$ 15 meia.



A torcida do náutico ficará na cadeira de setor (portão 2), preço R$ 10 inteira e R$ 5 meia.



Locais de venda:


Quinta-feira, das 9h às 17h, na sede do Atlético, em Lourdes, Vila Olímpica, Labareda, Lojas Class Club Buritis e Sion e Loja do Galo Betim.


Sexta-feira, das 9h às 17h, na sede do Atlético, em Lourdes, Vila Olímpica, Labareda e Lojas Class Club Buritis e Sion e Loja do Galo Betim.


Sábado, das 9h às 12h, na sede do Atlético, em Lourdes, Vila Olímpica e Labareda. No Mineirão, a venda vai até o intervalo do jogo.


Fonte preços ingressos e locais de venda: site oficial do Atlético


Por hoje é só, vamos esperar o próximo capítulo da crise atleticana.....


E vamos pra cima do Náutico....


E boa notícia,


Marques e Petkovic estão de volta.....


Galo para sempre - mesmo nas crises!!!!